---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Saudades, CME, Voleibol
Brasil joga bem, vence o Suriname e está entre as 4 melhores equipes da América do Sul

Publicado em 06/12/2018 às 14:24 - Atualizado em 06/12/2018 às 14:24

Equipe do Brasil – composta por atletas saudadenses – está entre as quatro maiores forças do voleibol latino-americano
Créditos: Divulgação Baixar Imagem

Na quarta-feira (05), às 9:30 horas da manhã - horário local e às 12:30 horas pelo horário de Brasília, as meninas Saudadenses voltaram à quadra, no Ginásio Coliseo Arequipa para enfrentar a equipe de Suriname. 

Com uma brilhante atuação, as meninas brasileiras obtiveram um padrão de jogo estável do início ao fim e, com poucos erros e uma alta performance, conseguiram vencer o confronto por 3 sets a 0, através das parciais elásticas de 25 - 06, 25 - 09 e 25 - 04, em um jogo de 58 minutos de duração.

Com esse resultado, as meninas do Vale da Hospitalidade, que representam a Escola de Educação Básica Rodrigues Alves, a 2ª ADR de Maravilha, o estado catarinense e o Brasil, se colocaram entre as 4 maiores forças da América Latina na modalidade do Voleibol Feminino.

É muito importante salientar que algumas equipes vêm com a base das suas Seleções Nacionais neste evento, sendo que a equipe brasileira é composta com todas as atletas que residem no município de Saudades.

No dia 06, o Brasil enfrenta a equipe da casa – o Peru, às 14 horas, horário de Brasília, valendo vaga para a grande decisão do Campeonato Sul-americano na edição 2018.

"Avaliando toda nossa trajetória até aqui, podemos afirmar que o grupo está de parabéns, pois em Saudades, chegamos a treinar por um longo período do ano, entre 4 a 5 horas por dia, distribuídos em dois períodos, o que ajudou muito a subir a performance destas jovens atletas. Com isso, exigiu-se uma organização muito eficiente do tempo útil destas meninas, que entre treinamentos, catequeses, momentos de lazer, afazeres domésticos e escola, foram constantemente cobradas e, assim, alcançaram o sucesso, colhendo os frutos no momento. Agora, com os pés no chão, vamos para o próximo clássico e dando mais uma vez o nosso melhor, sonhamos com a classificação para a final do evento", afirma o professor técnico brasileiro Marcio Rauber.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar