Colegiado Regional dos Secretários Municipais de Agricultura da Amerios se reúnem em Maravilha

Colegiado Regional dos Secretários Municipais de Agricultura da Amerios se reúnem em Maravilha

     Preocupados com a grave situação da estiagem que assola a região, o Colegiado Regional dos Secretários Municipais de Agricultura da Amerios realizou reunião extraordinária na sexta-feira, dia 23 de março, no auditório da Associação, sob a coordenação do secretário municipal de Agricultura do município de Saudades/SC e presidente do Colegiado, Sr. Flávio Antônio Hübner.

     Na pauta da reunião, o assunto principal foi a estiagem. Esteve presente também o responsável regional da Defesa Civil, Sd. Daniel Caron, além dos secretários de Agricultura e os técnicos municipais de toda a microrregião.De acordo com o Sd. Caron, todos os 17 municípios que fazem parte da Amerios decretaram Situação de Emergência em virtude da estiagem, porém “é preciso acompanhar junto à Defesa Civil do estado a validade do decreto” ressaltou Caron. Além disso, Caron esclareceu dúvidas sobre a Portaria nº 607, de 18 de agosto de 2011, que regulamenta o uso do Cartão de Pagamento de Defesa Civil – CPDC, cartão este que é destinado ao pagamento de despesas com os recursos transferidos pela União, por intermédio do Ministério da Integração Nacional, para execução de ações de socorro, exclusivamente em situações de emergência ou estado de calamidade pública.

    Segundo o Sd. Caron, para utilização do cartão, os responsáveis pela Defesa Civil nos municípios devem procurar a agência do Banco do Brasil, para abertura de conta específica, sendo que este cartão somente poderá ser utilizado por um funcionário concursado, atendendo a um plano de trabalho elaborado pelos técnicos do município. “O cartão não saca dinheiro para atender individualmente, mas somente a ações de socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais” destacou.

     Na sequência da reunião, o presidente do Colegiado mostrou preocupação com a situação atual da estiagem, relatando que em Saudades, que não é diferente dos demais municípios da região, a situação é critica, sendo que a maior dificuldade está em levar água às propriedades, necessitando de caixas de água para deposito e máquinas para abertura de valas. Porém, para estas atividades o Cartão de Defesa Civil não se enquadraria e que será preciso grande mobilização das lideranças regionais para correta aplicação do Cartão, uma vez que, dos R$ 11 milhões aprovados para ficarem a disposição dos municípios de Santa Catarina, somente R$ 3 milhões foram repassados ao estado. Além disso, os municípios ainda não tem o referido Cartão. O Colegiado demonstrou preocupação quanto ao repasse das informações referentes a recursos para beneficiar os atingidos pela estiagem, sendo que muitas vezes nem mesmo o Conselho Municipal de Defesa Civil, o secretário municipal de Agricultura ou o Prefeito sabem do que se trata, criando expectativas que muitas vezes não passam de suposições e especulações, o que acaba atrapalhando os trabalhos de atendimento aos que necessitam nos municípios.

     Ao final da reunião, ficou claro que os problemas advindos da estiagem são recorrentes, isto é, vem acontecendo ao longo dos últimos anos, necessitando empenho de todos para que, a cada nova estiagem, estejamos mais preparados para administrá-las da melhor forma possível, o que somente será possível por meio de prevenção.