Prefeito Daniel Kothe participa de reunião em São Miguel do Oeste

Aconteceu na tarde de segunda-feira (04), na sede da Ameosc, em São Miguel do Oeste, uma importante reunião com o assessor federativo da Secretaria de Relações Institucionais, Maurício Weidgenant, representantes da Caixa Econômica Federal, prefeitos e assessores dos municípios da região. De Saudades, participaram o prefeito Daniel Kothe, arquiteta Berenice Müller e o técnico em administração Anderson Lenhardt.

Na oportunidade, foram feitos alguns esclarecimentos relativos ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), bem como elaboração e encaminhamentos de projetos por parte dos municípios.

Dando início ao encontro, Maurício falou sobre o panorama atual dos PAC's 1 e 2, fazendo um comparativo de investimentos entre ambos, mostrando o crescimento no volume de recursos do PAC 2. "O nosso grande desafio é que a gente possa ter a condição de orientar as equipes técnicas da prefeitura para a elaboração de projetos a fim de buscar recursos junto ao governo federal", esclareceu o assessor.

Maurício fez ainda uma explanação sobre os eixos do PAC, bem como falou da importância da execução, agilidade e transparência nos projetos. Sobre as máquinas que os municípios estarão recebendo, o assessor falou em prazos, sendo que as retroescavadeiras devem ser entregues até a metade deste ano e a previsão de entrega das motoniveladoras deve acontecer até metade de 2014.

"O PAC foi pensado para resolver as demandas de políticas públicas nas diversas áreas e é uma resposta para superar a crise econômica mundial, pois mantém a economia do país através de investimentos", argumentou, lembrando que as motoniveladoras e retroescavadeiras são genuinamente nacionais.

O supervisor operacional da Caixa Econômica Federal de Chapecó,Gilvan João Colegaro, disse que a instituição é o principal agente de políticas públicas, junto ao governo federal. Ele fez ainda uma breve explicação sobre as linhas de atuação da Caixa, repassando também aos participantes algumas dicas para evitar situações que possam trazer complicações quanto à elaboração e cadastro de projetos.

O gestor da unidade de São Miguel do Oeste da Caixa, Edimilson Luiz Dalmagro, se colocou à disposição das prefeituras da região, para tirar dúvidas e prestar esclarecimentos. "A Caixa funciona como um elo de ligação entre o governo e os municípios", resumiu.

Para o prefeito Daniel Kothe, a ideia central é agora concentrar a elaboração de projetos executivos na área de saneamento, para poder concorrer aos recursos da Funasa. "Vamos trabalhar também para realizar o Plano de Ações Articuladas (PARpara a Educação, a fim de que possamos nos inscrever nas creches, nos ônibus do programa Caminhos da Escola e trabalhar também na questão das quadras cobertas", explanou.

Daniel citou também que o município estará se inscrevendo no Programa Minha Casa Minha Vida, onde estarão sendo solicitadas moradias que atendam aos interesses sociais. "Estaremos também nos inscrevendo para adquirir equipamentos para melhoria das estradas vicinais, como motoniveladora e retroescavadeira", citou.

Na saúde, a administração estará pleiteando a ampliação da Unidade Básica de Saúde do Centro. "Os recursos hoje existem no governo. O desafio é conseguir elaborar os projetos a tempo para coloca-los na banca. Vamos mobilizar a equipe para conseguir realizar isso a tempo", finalizou Daniel.