Seminário do PAR é realizado em Chapecó

Aconteceu na sexta-feira (14), no auditório da Unoesc em Chapecó, o 3º Seminário Estadual do Plano de Ações Articuladas (PAR). O encontro foi organizado pelo Deputado Federal Pedro Uczai, tendo também a participação da deputada estadual Luciane Carminatti, além de reunir representantes de 70 municípios, sendo prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, secretários municipais de educação, professores e técnicos em educação.

Participaram do evento, representando o município de Saudades, o prefeito Daniel Kothe e a Diretora da Educação, Eliamar Corradi. O seminário teve o intuito de prestar informações de como acessar recursos no Ministério da Educação (MEC), visando a construção de novas escolas, creches, quadras e coberturas de quadras esportivas, além da liberação de novos ônibus para o transporte escolar.

Para tanto, estiveram fazendo explanações o Assessor da Secretaria da Educação Básica, Hudson Guimarães, e Coordenador-Geral de Infraestrutura Educacional, Tiago Lippold Radünz.

Conforme o deputada Luciane Carminatti, o seminário é um momento muito importante, para discutir ações na questão da educação. “É uma oportunidade para aproximar ações do Ministério da Educação com as prefeituras, mas também um momento para se apropriar dos programas federais que existem para a área”, comentou.

Já o deputado Pedro Uczai falou das melhorias na educação, acentuadas nos últimos dez anos. “Ser educador é uma área que dá orgulho, pela grande responsabilidade. Santa Catarina se destaca pela atuação das pessoas envolvidas na educação, e um seminário como este vai orientar e melhor qualificar vocês para atender as demandas que existem”, pontuou.

O Assessor da SEB, Hudson Guimarães, falou das demandas do estado catarinense junto ao MEC, destacando o exemplo do Programa Primeiros Passos em Saudades, como exemplo de inciativa na melhoria das ações para a educação infantil. “O PAR foi criado numa concepção de aproximar ainda mais o MEC dos municípios, e regular essa ação, para a efetividade das ações”, resumiu.

Para o Coordenador-Geral de Infraestrutura Educacional, Tiago Lippold Radünz, o estreitamento dos laços entre MEC e municípios permite mais eficácia às ações educacionais. “Os desafios são imensos, mas uma coisa que nos deixa tranquilo é que, em praticamente dez anos, as pessoas passaram a trabalhar diretamente com a educação no Brasil, se deram conta que é preciso aproximar as relações”, enfatizou.

Falando em nome dos prefeitos da região, o chefe do executivo saudadense, Daniel Kothe, destacou a importância do seminário para esclarecer as dúvidas sobre o acesso aos recursos do Ministério da Educação. “Nós avançamos muito na educação. Em Saudades, nós assumimos a educação infantil desde os três meses. Mas é preciso que os estados façam também a sua parte”, concluiu.